quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Câmara aprova a criação da tevê pública

A medida provisória que cria a TV Brasil (rede pública de televisão) e a Empresa Brasileira de Comunicação (gestora do canal) foi aprovada ontem pelo plenário da Câmara, por 336 votos a 103 — mais 3 abstenções. Os destaques devem ser votados hoje.

O texto estabelece limite mínimo na programação para conteúdos regionais (10%) e independentes (5%), de forma a divulgar a produção cultural dos estados. Para a publicidade institucional, há limite máximo (de 15%). O anúncio de produtos e serviços é proibido.

A medida provisória também exige a destinação de 10% dos recursos arrecadados com a taxa de fiscalização de empresas de telecomunicação e radiodifusão — o equivalente a R$ 150 milhões — para a TV pública. O Orçamento da União prevê mais R$ 350 milhões. (Via)

Leia mais
Ex-Globo, Boni analisa futuro da tevê na era digital
Tevê digital: transmissão começa em São Paulo

2 comentários:

Ale Rocha disse...

Olá, tudo bem? Descobri seu blog em um comentário no blog do Edney. Parabéns pelo seu trabalho.

Também possuo um blog sobre TV. Já assinei seu feed e o adicionarei em minha página de recomendação de leitura (blogroll). Conte com mais um leitor fiel.

Abraços

Tevê Aberta disse...

Olá, Ale. Valeu pela visita ao Tevê Aberta.

É curioso que, apesar de termos blogs sobre o mesmo assunto, eles sejam tão diferentes. Até complementares, diria.

Incluí o Poltrona.tv na minha lista de links e também passarei sempre aqui.

Abraço e até!