quinta-feira, setembro 14, 2006

Análise: Relações pessoais salvam O Aprendiz 3


Roberto Justus demite a aprendiz Paula Ramos no 12º episódio de O Aprendiz 3

A terceira edição do reality show O Aprendiz começou tendo a pretensão de diminuir a audiência do Fantástico, programa com o qual concorreria pela primeira vez, e de alcançar o segundo lugar no Ibope. Mas logo na estréia da atração ficou claro que a estratégia da Record foi mal definida: o programa teve média de 9 pontos, perdendo inclusive para o Topa ou Não Topa, do SBT.

Depois de sucessivas mudanças de horário — para não enfrentar o jornalístico, nem o game — e passados 11 episódios, o programa de Roberto Justus, enfim, alcançou um bom índice de audiência. Nesta terça-feira, atingiu média de 13 pontos, com pico de 15, o recorde da terceira temporada.

O que mudou para que a audiência melhorasse? O Aprendiz deixou de ser um programa focado somente nas provas com cunho empresarial e passou a explorar as disputas pessoais. Desde a eliminação do candidato Peter Collins, que "demitiu" Roberto Justus, o reality show tem focado os rachas nas equipes. Na Alliance, Anselmo e Karine se uniram para tirar Max e Nakao da competição. No Águia, Bia e Yanne deixaram transparecer suas desavenças.

Nesta terça-feira, o apresentador da atração chegou a estimular um embate entre as duas — espertamente, que se diga — na sala de reunião. Resultado: conseguiu fazer Yanne chorar diante das câmeras. E, apesar dos erros cometidos por ela na tarefa de administrar uma pizzaria, preferiu demitir Paula Ramos, uma candidata que não se envolveu em nenhuma briga pessoal. "Agora vocês vão ter que trabalhar juntas", disse Justus às rivais, já esperando que a disputa entre elas renda ainda mais pontos no Ibope.

9 comentários:

Rodrigo Morais (Piscina) disse...

Não acho que a demissão da Paulinha tenha sido motivada para uma eventual alavancada na audiência do "O aprendiz 3". Infelizmente muitos ainda pensam dessa forma e terrivelmente, mais infelizmente ainda, o proprietário do site, formador de opinião, tem essa opinião, errônea, simplista e mesquinha.

Feitas as críticas, gostaria de saber se alguém sabe onde baixar o episódio completo desse décimo segundo programa. Nem mesmo no youtube tinha conseguido ver a versão da Paulinha saindo do táxi.

Anônimo disse...

Eu tb nao acho.. Acho q foi falta de determinação mesmo.. pois em todas as provas ela sempre fica mortinha... Apesar de ODIAR Bya, achei certo ela ter ficado, pois ele vai ter q penar pra vencer Anselmo e Karine... Mas boa sorte e que vença o melhor!!!

Gil disse...

Bem, acho q opiniões podem ser mesmo divergentes pq somos seres diferentes uns dos outros. Cada um tem o direito de pensar o q quer, assim como quem escreve neste blog, aliás diga-se de passagem, é um dos melhores sites no momento q escreve sobre televisão(sem exageros). Já deixei aqui vários comentários ressaltando as qualidades deste site e de como aborda os assuntos. É imparcial qdo precisa ser (nas matérias sobre política sempre esteve impecável)e opinativo em matérias q cabem este tipo de comportamento. Não estou ganhando nada do blog pra defendê-lo, hein gente?...kkkkkkkkk... mas achei q o nosso amigo aí(o rodrigo morais)exagerou em sua crítica qdo diz " o proprietário do site tem uma opinião, errônea, simplista e mesquinha". Então pela opinião dele eu tbem sou errôneo e mesquinho, pq acredito q em televisão PROFISSIONAL, nada é feito com ingenuidade e pureza. Vcs sabem por acaso qto custa um programa destes pra ser colocado no ar? vcs acham q eles estão brincando de televisão?Pelo amor de Deus! Vcs acreditam que nesses Realities vencem sempre os melhores? Brincadeira, não é não? Aliás simplista está sendo o nosso amigo Rodrigo que se mostra tão ingênuo ao ponto de desconhecer a guerra podre que existe por traz dos bastidores. E não é só aqui no Brasil q é assim, todo mundo sabe disso. Mas como falei anteriormente, é bom estarmos vivendo um tempo em q se pode falar, discutir ideias e opinioes.
Mais uma vez parabéns a este site, q demonstra manter este espaço bem democrático deixando todos os comentários, até mesmo os divergentes, pq em outros em q postei algumas críticas apagaram rapidamente.
Aproveito pra pedir mais uma vez pra q vcs do Tv Aberta informem sobre como se dá a medição de audiência no Brasil (estou sendo muito pidão..kkkkk...). Obrigado.

Rodrigo Morais disse...

Estupefato?!
Talvez seja essa a palavra que mais se encaixa no que estou sentindo agora.

Gil, pense bem. Quando disse que o proprietário do site possui essa opinião, me referi exclusivamente à questão do "O aprendiz 3". Naturalmente não generalizei a questão, mesmo porque concordo que o site seja realmente muito bom e que na maioria das vezes as opiniões de quem posta estão decididamente imparciais e corretas.

Não sou ingênuo ao ponto de desconhecer as obscuridades que cercam os bastidores da TV. E ingênuo é quem diz que uma pessoa desconhece algo porque emitiu uma opinião de um caso específico. Eu me referi exclusivamente à questão desse programa da Record, que realmente acho que não haja esse tipo de falcatruas.

Além disso, você deu um exemplo muito banal e sofismático. Escreveu que nem sempre os melhores vencem os reality shows.
A menos que você também acredite em falcatruas nas ligações telefônicas dos participantes que ligam para votar, gostaria de saber mais a respeito dessa sua opinião, Gil. O que faz uma pessoa melhor que a outra? Por que alguém que é pior vence um reality show de alguém que você considera melhor?
São dúvidas pertinentes!

Tevê Aberta disse...

Caros,
obrigado pelos comentários. Críticas negativas são bem-vindas, desde que fundamentadas. Não é prática deste blog apagar opiniões (a não ser aquelas que contenham ofensas/xingamentos), já que não temos a pretensão de que todos concordem como nossa visão.
Agradecemos especialmente ao Gil, não apenas pela defesa (depois a gente acerta a conta! rs!), mas por ser um dos leitores mais fiéis do Tevê Aberta. Em tempo: a matéria sobre a medição de audiência está quase pronta (e longuíssima). Será postada amanhã.
Incentivamos a troca de idéias, mas aproveitamos para pedir que sejam cordiais. Como já dissemos em outro comentário, quem quer falar precisa saber ouvir.
Continuem visitando o Tevê Aberta. Até!

Tevê Aberta disse...

Mais um esclarecimento: o Tevê Aberta não tem a menor intenção de criar polêmicas para aumentar a visitação e o número de comentários, como fazem outros blogs sobre televisão (sem juízo de valor).

Anônimo disse...

Esse blog é realmente bastante interessate. Sempre que posso passo por aqui para ler os artigos e também os comentários. Entretanto devo concordar que o blog foi infeliz em associar a demissão da Paula a uma luta por audiência. Era sem dúvida a candidata que deveria ter saído e provou isso ao dizer que estava agradecida por ter chegado até ali e outras baboseiras mais. Será que ela mesma não reconhece o seu valor? Achou que estar em quinto lugar já estava ótimo? Aquela disputa é pelo primeiro lugar e se a pessoa acha que o quinto já está bom demais, tem mais é que rodar!

Gil disse...

Rodrigo, não lhe conheço, não sei sua profissão, nem onde trabalha, se é do ramo ou não. O q sei é de mim e só falo do q tenho conhecimento pela experiência de vida e trabalho e não conjucturas. Se vc realmente acredita q em televisão sempre quem merece é quem vence, se vc acredita que os números finais apresentados condizem com as ligações realizadas nos realites,então tudo bem.O q importa é o q vc pensa,ok? Até q a vida lhe prove o contrário. Não vou ficar aqui entrando no mérito desta questão pq pra mim não há mais dúvidas nem nada a ser dito q eu já não saiba por vivência e comprovação.
No q se refere ao programa Aprendiz3, não disse q a Paula merecia ou não sair, nem entrei neste assunto no meu comentário postado aí em cima como vc pode comprovar, apenas contestei a sua ingenuidade em dizer q não acreditava em marmelada na produção do aludido programa. Hj até me arrependo de ter escrito aquele comentário por dois motivos: Primeiro pq o blog não precisa de advogados de defesa kkkkkkkk.., e segundo pq no estágio da minha vida, o ingênuo sou eu mesmo, em tentar falar mais do q devia. Desculpem-me.

Tevê Aberta disse...

Gil,
mande uma mensagem para o teveaberta@yahoo.com.br (para que saibamos seu endereço de e-mail sem que todos tenham acesso a ele), pois queremos entrar em contato com você. Até!