Daniela Beyruti não queria ser influenciada pelo pai, o apresentador Silvio Santos, na escolha de sua profissão. Mudou-se para os Estados Unidos para definir que carreira seguir. Voltou formada e pós-graduada em comunicação. Hoje, ocupa um alto cargo no SBT — é diretora da geradora — numa espécie de cursinho pré-sucessão. Em entrevista à revista Poder de julho, Daniela deu pistas de como será a rede depois que seu pai, a quem chama de “chefe”, passar a ela o comando do SBT.

Para a filha número três de Silvio, a emissora deve manter sua personalidade, que ela própria define como “brega”. “Enquanto tantos querem atingir o público A e o B, a nossa realidade é o C e o D. A gente é C e D naturalmente. Tem uma identificação natural com a massa”, disse aos repórteres Mauricio Stycer e Simone Galib. “Não adianta querer ser chique, que a gente vai ser brega”.

Daniela informou que a rede encomendou uma pesquisa perguntando: se cada emissora fosse uma festa, de que tipo seria? Para os entrevistados, a Globo seria uma festa glamourosa, chique, mas na qual as pessoas comuns não entrariam. Já o SBT, seria uma festa em que os convidados se sentem em casa, “com cerveja no copo de plástico e coxinha”.

Ela contou amar televisão, tanto de fazer quanto de assistir. Adora Luciana Gimenez, gosta do CQC, de novela — apesar de não ter paciência de acompanhá-las — e séries — Lost, Desperate Housewives, 24 Horas, Grey’s Anatomy.

Discorda do pai em pelo menos um ponto: sabe reconhecer a importância da comunicação. Entre outras responsabilidades, cabe a ela reestruturar a assessoria de imprensa do SBT, fechada por Silvio. “De uns tempos para cá houve muita crítica. Quando ficamos um tempo sem falar (com a imprensa), acabou sendo ruim. Deixamos que os ruídos ficassem mais altos do que aquilo que estava realmente acontecendo”.

Mas, em geral, Daniela mostra ter herdado as características do pai. “Sou ansiosa, como ele. Sabe aquelas mudanças que ele faz? Se eu não tomar cuidado, vou acabar fazendo igualzinho. Critico, mas vou fazer igual. Eu aposto muito num programa X... Acho que não vou ter a paciência de esperar um ano para ver o programa X acontecer. Acho que no mês que vem vou chegar e querer mudar.”

Leia também
Acaba a parceria entre SBT e Televisa

2 comentários:

Zé disse...

Quem assiste ao SBT está ferrado. Vai ser mais do mesmo.

Anônimo disse...

gosto um pouco do sbt mas tem que voltar grades programas como a casa dos artistas eles tem que tentar trazer as miniseries como: lost , 24 horas ,missing e bones

tem que trazer os atores mais famosos como: a juliana paes ,patricia pillar, mariana ximenes,claudia raia o thiago rodrigues ,jose mayer,tarcisio meira,mauro mendonça


isso eo que acho se quizer opinioes e so me add eder.siri@hotmail.com