sexta-feira, junho 27, 2008

Datena transforma Parintins em Fórmula 1

A grandiosidade do Festival de Parintins, exibido agora pela Band, impressiona a ponto de prender qualquer um diante da tevê. Mas a vontade de passar a noite conhecendo mais dessa parte do Brasil acaba com os berros de José Luiz Datena, o âncora da transmissão. Datena narra a apresentação dos bois-bumbás como narraria a última volta de uma corrida de Fórmula 1. "Ouça a letra dessa toada", propõe, mas uma estrofe depois retoma a gritaria. E ainda diz que é o comentarista, o carnavalesco Milton Cunha, que "não consegue ficar quieto".

Leia também
Band compra direitos do Festival de Parintins

3 comentários:

Marina disse...

Concordo plenamente... Insuportável assistir escutando o Datena falando o tempo todo... Apesar de estar louca para assistir a festa, desliguei a TV depois de 30 minutos. Ainda mandei um e-mail para a Band. Pena que ninguém lê...

Orlando disse...

Concordo plenamente , com o companheiro a respeito do comentarista Datena. A magia do festival está justamente no conjunto da obra, ou seja, em ser embalado ao som das toadas e deixar que a arte diga por si mesma. Despensa comentários.Eu gostaria de ser um milhão de pessoas a estar falando isso ,pra que pelo menos nos outros dois dias a festa fosse respeitada.

Gerson Ramos disse...

O negócio do comentarista José Luiz Datena é ficar comentando crimes, nós não entendemos como a direção de uma emissora manda um cara como ele comentar a respeito de uma festa tão linda como essa.....NÃO DÁ PRA ENTENDER..... era muito melhor o SILÊNCIO......