A disputa entre SBT e Record pelos direitos de Ídolos não deve ser estendida para a disputa pela audiência. Aas duas versões não concorrerão entre si: o SBT marcou para 9 de abril, uma quarta-feira, a estréia do concurso; a Record, para 19 de agosto, uma terça-feira. Ou seja, mais de três meses separam as duas edições.

A proximidade do primeiro episódio da versão do SBT leva a crer que o programa seguirá o formato de show de calouros, já que não houve inscrição prévia, nem audições em cidades brasileiras. Os apresentadores e jurados serão os mesmos.

Já a Record, convocou candidatos para testes em quatro capitais (Porto Alegre, Salvador, Rio e São Paulo). Ainda é possível se inscrever, pelo site da atração. As gravações começarão em 2 de maio, sob o comando do ator e dublê de cantor Rodrigo Faro [foto acima].

Leia também
Enquete: Qual programa não merece continuação?
SBT anuncia novo programa com equipe de Ídolos

5 comentários:

Anônimo disse...

sinceramente??? não pretendo ver nenhum dos dois!!! já encheu!!! chega de american idol, idolos, popstar, countrystar... já deu!!!

Sabre disse...

Eu gosto bastante do Ídolos. Acho a Record uma televisão sem qualquer criatividade e identidade. Tudo ela quer imitar e o pior é que malha tudo das concorrentes, diz que é ruim, etc, e mesmo assim copia. Maior cara de pau. E se ainda imitasse e melhorasse, ficasse mais maneiro, ainda ia, mas nem copiar sabe porque tudo dela é mal feito e pior do que os originais.

Anônimo disse...

TAMBÉM ACHO QUE JÁ ENCHEU. JÁ FOI. NINGUEM AGUENTA MAIS VER ESTA MESMA FORMULA. TORROU O SACO.

loziane disse...

Olha acho que um programa de
reality show desde que seja bem
elaborado não tem problema algum,
agora quando ele chega ao extremo
do absurdo,ja chega ser uma onfensa aos próprios participantes,
não digo dos palhaços que participam,mais sim aqueles sérios que realmente tem um sonho em se firmar no meio da música.
Sei bem o que estou dizendo
sou cantora a muito tempo e,claro
sempre estamos a espera de uma oportunidade.
Bom por isso na primeira edição do programa "idolos" no sbt eu não sabia como era e,achando que fosse um programa sério me escrevi. Acreditem o programa é pior do que parece,pra quem não sabe aquela faze dos jurados não é a primeira aviliação,antes disso tem uma pré-seleção,ou seja todas aquelas pessoas bizarras que ali aparecem "são aprovadas por eles mesmos".E não para por ai,vários cantores que assim como eu cantavam bem,não passaram da pré-seleção,mais veja eu disse que não passaram da "pré-seleção" não disse da faze dos jurados,eu mesma não cheguei a participar audição dos jurados e quando vi aquela menina cantando "LUA DE CRISTAL DA XUXA" e passar da pré-seleção fiquei boba, mais no mesmo momento percebi que seriedade do programa era mínima,pois eu não fui a única enjustiçada,pra vcs terem uma idéia tinha um rapaz comigo na fila no nivel de calouros do "Raul Gil",ou seja cantava muito e não passou na pre-seleção onde a mesma que cantou Lua de Cristal passou.
E tudo isso pq?? para colocar pessoas fazendo bizarices no ar pra
aumnetar a audiência.
Realmente acho isso uma falta de respeito com os cantores sérios que existem no Brasil e,não só com os cantores isso é um desrespeito com a nossa própria cultura.
Pelo o amor de Deus ja não basta nós sermos humilhados costantemente pelas situações absurdas que nos acontecem por causa dos politicos corruptos do nosso país,agora não temos nem direito de sermos tratados com respeito por emisoras que brincam com o sonhos das pessoas. Nada contra quem goste de palhaça,mais se querem fazer isso porque não fazem um programa com um concurso só de bizarices,acho que isso seria mais digno e não estariam bricando com a cara de ninguém.

Anônimo disse...

Isso é a TV... Se eles colocassem só gente boa la de certea que ninguém veria o programa, pois as pessoas alem de ver os verdadeiros talentos tbm querem ver os verdadeiros idiotas, e os produtores sabem disso, sabem que a idéia vende... A realidade não é tão simples como vimos na TV, porisso aconcelho a alguns, se não fores realmente muito bom ou muito mal, não procure um programa de TV mas sim um bom produtor.