terça-feira, março 04, 2008

Aqui Agora constrange em sua reedição

Diz o ditado que, às vezes, é preciso dar um passo atrás para, mais tarde, dar dois à frente. Ontem, a tevê aberta deu esse passo atrás. O SBT tirou do baú (não o da felicidade) um formato superado, o policialesco Aqui Agora.

Das 18h às 19h15, o canal levou ao ar reportagens de pouco interesse jornalístico e alto grau de sensacionalismo — houve entrevista com ladrão durante assalto e com vítimas de incêndio em momento delicado.

A narração ofegante dos repórteres e os planos-seqüência (com imagens tremidas e quase sem edição) forjavam um clima dramático. Mas, ao invés de lágrimas, a atração provavelmente arrancou risos constrangidos dos espectadores.

O amadorismo da equipe do Aqui Agora foi flagrante. "Você mora aqui?", perguntou o repórter Carlos Cavalcanti diante de uma pensão em chamas. "Moro", respondeu a mulher. "Ah, tá", devolveu o repórter, que seguiu caminhando normalmente, na tentativa de tornar um pequeno incêndio numa notícia bombástica.

Na falta de pessoas feridas, apelou para a manchete "Cachorro de pensão escapa chamuscado de incêndio". Detalhe: o poodle não estava chamuscado.

Ainda teve repórter ajoelhado no chão implorando por carona (?) para moradores da cidade de Cássia dos Coqueiros, "repórter-veterinária" achando graça de ter sido cuspida por chimpanzé [assista no vídeo abaixo] e universitários explicando o que é "elefantinho" (posição típica dos trotes).

Tamanha apelação não gerou bons índices de audiência. O "novo" Aqui Agora registrou média de 4,6 pontos no Ibope, perdendo para Globo, Record e Band. Que esse seja o sinal de que é o momento de dar passos à frente.


Macaco cospe em repórter do Aqui Agora

Leia mais
Nova versão do Aqui Agora já tem apresentadores
Claque: César Tralli empurra papagaios de pirata

3 comentários:

Anônimo disse...

aiiii, q noooooooooooooooojooo. ela levou cusparada no cabelo e ainda axou bunitinhu... eca.

Anônimo disse...

Emmanuela Hochmann, o nome da cidadã.

Carla disse...

Mais um lixo na TV, como todos os outros que exploram o sensacionalismo. Nota ZERO pro SBT em trazer do Baú (da infelicidade) esta ferida da história da televisão brasileira e tbem pras demais emissoras que continuam a fazer a cópia deste "Aqui Agora" (Wagner Montes, Marcelo Resende, Datena, Luciano Faccioli e outros). Tomara que em breve seja AQUI E NUNCA MAIS!!!!