A edição de ontem do Pânico na TV (RedeTV) registrou pico de 15 pontos de audiência, seu recorde desde que passou para a faixa das 20h. No momento em que alcançou o índice, a atração mostrava reportagem sobre o Big Brother Brasil 7 (Globo). Segundo a coluna Ooops, do Uol, o pico de audiência ajudará o dono da Jovem Pan e da marca Pânico, Tutinha, a garantir um melhor acordo financeiro com uma emissora. Conforme o Tevê Aberta informou em janeiro, o programa deve mudar de canal este ano. Tutinha estaria negociando com a própria RedeTV, Band, SBT e Record.

2 comentários:

adrianodassuncao disse...

Acredito que o Pânico, trocando de emissora não teria mais a liberdade que possui na REDE TV,
Aposto que a Record,não aceitaria e vetaria algumas brincadeiras,já o SBT como é de conhecimento poderia trocar os horarios inumeras vezes,a Band como parece estar muito mais preocupada com esportes do que com entreterimento possivelmente não daria tanto valor ao programa.
Resumo da historia, o panico já tem a cara da Redetv....literalmente até mesmo por questão de segurança deve continuar lá....

Tevê Aberta disse...

Adriano,
outros leitores concordam com você. Veja nos comentários desse post:
http://teveaberta.blogspot.com/2007/01/pnico-na-tv-deve-mudar-de-emissora-diz.html