O paredão planejado por Alberto há tempos enfim se concretizou, com a ajuda da gang formada por Airton, Analy, Carollini e Bruna. Ou seja, os amigos Íris (Siri) e Diego (Alemão) se enfrentam no paredão do Big Brother Brasil 7 e um deles deixará a casa do reality show na terça-feira. O apresentador do programa, Pedro Bial, ainda tentou demover o grupo de colocar os dois preferidos do público na berlinda. Avisou que o jogo é decidido pelos telespectadores, que vetar o anjo traria conseqüências, mas de nada adiantou.

Com o colar do anjo nas mãos, Siri tentou salvar Alemão, mesmo após os insistentes pedidos (ou melhor, chiliques) de Fani. Mas, sorteada para aprovar ou vetar a benção (o que causou uma gargalhada em Airton), Analy impediu a imunização, alegando que estava salvando a "amiga" Fani do paredão. O líder Alberto, como previsto, indicou Íris para o paredão. No confessionário, Alemão teve quatro votos, contra três de Airton (Íris, Diego e Flávia). Surpresa ou não, Fani preferiu anular seu voto, escolhendo Carollini. Agora é com o público: tirar Íris ou Diego? O vencedor da disputa estará com uma das mãos no R$ 1 milhão.

Leia mais sobre o BBB 7 aqui

4 comentários:

gisele disse...

independentemente de quem ficar é certo que o ganhador do paredão desta terça será o dono do um milhão.

foi engraçado ver minha mãe toda tristinha ontem depois do bbb.

gledwood disse...

Cumprimentos meu amigo novo que blog intelectual você tem aqui no português! Eu estou receoso que eu tenho que usar o tradutor de Babelfish lhe falar em sua própria língua. Eu faço um blog demasiado mas está em inglês: gledwood2.blogspot.com. Se você não puder o compreender demasiado bom você pode sempre usar Babelfish traduzir parágrafos: Eu tenho a ligação em meu blog. Você é assim que boa vinda a deixar cair perto. Pague-me uma visita logo. Eu olho para a frente a vê-lo em meus.

Todo o mais melhor agora.

Gledwood

Alessandro Ramos disse...

Fiquei impressionado com a falta de profissionalismo do Bial ontem ao tentar desfazer o jogo da casa, intimidando os participantes, sendo estúpido, e, o mais ridículo, fazendo fofocas do Alberto para a Bruna. A Analy mostrou muita coragem ao vetar o anjo, regra é regra, ela podia vetar e vetou. O engraçado foi que o Alemão batia no peito falando para "cairem nele" e na hora do veto tava tremendo feito vara-verde.

Anônimo disse...

Gente, não se esqueçam que bbb é apenas um programa para "Tv comercial" e não para Tv educativa. Ele foi feito com intuito de gerar lucros para a empresa que o apresenta e é evidente que quem detém o direito de exibição pode conduzir como quiser o seu "negócio". O problema é que as pessoas se envolvem tanto que passam a ver o BBB como uma "novela real" (o que não é verdade). Outro equívoco é dizer que o Bial não foi profissional. Pelo contrário ele, boninho e toda a milionária equipe (todos ganham porcentagens dos lucros do bbb) são extremamente profissionais no que fazem, visto o sucesso incontestável do programa. E no bbb o Bial é o mediador, o condutor do programa, que como o nome já diz, tenta conduzir a trama de forma mais interessante para a casa, e não o jornalista que deve se manter imparcial. Alí ele tem que ser parcial, tem que jogar junto com todos para alcançar a meta de audiência desejável. Criar dúvidas, colocar mais fogo na fogueira e deixar os que estão confinados mais confusos é uma tática muito empregada nos outros países onde rola o Big Brother, e não é a primeira vez que o Bial utiliza dessas prerrogativas, é só lembrar das outras edições do programa. Lembrem-se, quanto mais polêmicas gerando indignações dos telespectadores, mais aumenta a audiência e principalmente os "votos" que se traduzem em "$$$$$$$".
Tchau pra todos! E vamos dar mais uma espiadinha.....