segunda-feira, outubro 23, 2006

Análise: Debate na Record mostra mais do mesmo


Abertura do debate e apresentação dos candidatos

As mesmas respostas para as mesmas perguntas: assim foi o debate entre os candidatos à presidência da República promovido na noite desta segunda-feira pela Record. Encerrado há poucos instantes, o confronto pecou por não trazer novidades à campanha eleitoral. Parte da responsabilidade por essa sensação de déjà vu pode ser creditada a Geraldo Alckmin e Luiz Inácio Lula da Silva, que repetiram os discursos proferidos nos encontros na Band e no SBT. A outra parte cabe à própria emissora, que não conseguiu — ou melhor, sequer tentou — renovar o modelo de debate, praticamente copiando a fórmula da Band (com um bloco de perguntas feitas por jornalistas). Resultado: exibiu um confronto inédito, mas com jeito de reprise.


Lula questiona Alckmin sobre cortes urgentes de gastos em São Paulo


A jornalista Adriana Araújo pede que Lula cite uma virtude de seu adversário


Alckmin comenta as pesquisas de intenção de voto, que apontam a vitória de Lula


O candidato do PSDB acusa o petista de divulgar mentiras


Considerações finais de Alckmin e Lula

8 comentários:

nehemias disse...

Bom... discordo em parte..
Acho que esse debate foi um pouco diferente dos outros. No debate da band, o Alckmin foi MUITO mais agressivo e não teve o resultado que esperava. Nesse da Record, ele discutiu propostas em grande parte do tempo, mas é claro que não dá pra deixar de lado certas coisas que aconteceram esse ano no Brasil. É impossível não comentar alguns fatos.
Lula foi até certo ponto seguro também. Mas, a cada pergunta de Alckmin ele fazia uma cara de "que pergunta idiota.. porque você tá perguntando isso?", e pra mim.. isso estraga a performance do Lula. Ele não precisa fazer careta antes de responder algo.. é só responder. hehe
Não defini ainda o voto, mas esse debate me ajudou mais do que os outros.

Vladimir Cezar disse...

E o Lula foi a esse debate? Parecia um manequim. Não respondia a uma pergunta. Age como moleque. Desrespita a inteligência do espectador com seu populismo barato, com seus números que tira da cartola, com falhas lógicas de seu discurso (ora diz que o avião é do presidente, ora diz que é dele). Lula é um atrasado. Não entendo como após 4 anos de retrocesso, de indícios claros de incompetência e corrupção, de palhaçada governamental pura e simples, alguém ainda dá seu voto a esse palerma.
A chance é agora, de tirar essa gentalha do poder, de por esse povinho que nutre amores por caudilhos e que quer manter o povo ignorante sob sua asa para poder se perpetuar no poder, pra fora! Coloquem esse mentiroso na rua.

Vladimir Cezar disse...

Parabens, pelo seu trabalho. Nao teria outra forma de acompanhar esses debates se nao fosse seu esforco em colocar os video na Net. obrigado

Luan Borges disse...

Muda governo, muda os políticos mas a politicagem nunca muda! Como diria Tutty Vasques: Ô raça!

Anônimo disse...

Concordo com o fato que os programas de governo estão sendo pouco abordados, mas acredito que para isso existem 2 fatores, 1 isto já está intrinseco no modo de fazer política brasileiro e 2 ao candidato do PSDB, que para mim fica a cada debate mais claro, que esse é um candidato monotemático, mesmo quando questionado sobre outros "n" assuntos sempre volta a cair no mesmo tema, não sou ptista, mas sinseramente o discurso do PSDB precisa ser incrementado (como de boa parte da imprensa), não falam nada novo e não se cansam de recantar denuncias, eu já não tenho mais paciência em ver o mesmo boneco treinado... Pra mim apesar da pimenta que tentaram colocar o chuchu continua sem sal...

Anônimo disse...

Quem editou esses vídeos aqui só pode ser alckmista.

Até a forma como vocês congelaram as imagens, denuncia isso.

Falta imparcialidade e profissionalismo, teveaberta!

Tevê Aberta disse...

Vladimir,
agradecemos pela sua visita e comentário. Volte sempre!

Anônimo,
que engraçado! Tem leitor que jura que defendemos o Lula! Esta é a maior prova de que somos imparciais. E tem mais: se quiséssemos defender o Alckmin ou o Lula poderíamos fazer isso abertamente, já que este é um blog pessoal (que pertence a nós, com muito orgulho), e não um canal de tevê (uma concessão pública).
Ah, as imagens congeladas nos players são selecionadas automaticamente pelo YouTube. Tente fazer o upload de pelo menos um vídeo (nós já fizemos de 114).
Tchau!

Igreja Emergente disse...

Tevê aberta, parabéns pelo trabalho..receba minhas congratulações!
Nelson Costa.