A campanha eleitoral está tomando conta da tevê aberta. Depois de o SBT e a Globo exibirem entrevistas com os principais candidatos à Presidência da República, agora é a vez da Band iniciar sua programação dedicada às eleições. Na segunda-feira (14), a emissora promove o primeiro debate entre os presidenciáveis, às 22h.

Foram convidados Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), Heloísa Helena (PSOL), Cristovam Buarque (PDT), José Maria Eymael (PSDC) e Luciano Bivar (PSL). Mas há a possibilidade de Lula não comparecer ao encontro.

O debate vai ser transmitido ao vivo, direto de um estúdio da Band no Morumbi, Zona Sul de São Paulo. Desta vez, Ricardo Boechat mediará o confronto. Outra novidade ficará por conta do aumento de tempo para as respostas dos candidatos (em 2002, era de 1m30s; agora, 2m), assim como a duração das réplicas e tréplicas (que passou de 45s para 1m).

"Vamos promover um duelo de idéias e programas, garantindo o nível de utilidade da cobertura eleitoral. Conceder mais tempo ao candidato atende ao telespectador porque permite que ele se informe melhor e vote com mais consciência", explica Fernando Mitre, diretor de jornalismo da Band, no site da emissora.

Mitre destaca mais uma inovação: enquanto um candidato estiver formulando uma pergunta para outro, a tela da tevê será dividida para que o público também perceba a reação do oponente.

Caso haja segundo turno na disputa pela vaga no Palácio do Planalto, a Band fará um novo debate em 8 de outubro, entre os dois mais votados para ocupar a Presidência.

Confira, na terça-feira (15), no Tevê Aberta o vídeo com os melhores — e piores — momentos do debate entre os presidenciáveis promovido pela Band.

1 comentários:

Fafi disse...

Muito bom este blog. Visitei o blog de uma amiga e este estava disponível para o link. A-D-O-R-E-I! Vou colocar tbem no meu blog.