Primeira parte da entrevista

Sem alarde, o Jornal da Globo iniciou ontem à noite sua série de entrevistas com os quatro principais candidatos à presidência da República. Geraldo Alckmin, do PSDB, foi o primeiro a ser sabatinado por William Waack e Christiane Pelajo. Diferentemente do esquema do Jornal Nacional, a conversa não teve transmissão ao vivo — conseqüência natural do horário de exibição do noticiário.

Outra distinção é o tempo de duração das entrevistas, de 18 minutos — no JN, era de 12. Mas o que, até agora, realmente separa as sabatinas do JG das do JN é a linha editorial dos dois telejornais. Enquanto William Bonner e Fátima Bernandes se reservaram a fazer perguntas duras (quase agressivas), na tentativa de desestabilizar os entrevistados, William Waack e Christiane Pelajo claramente se preocuparam em permitir que o candidato esclarecesse alguns pontos que defende.

Um exemplo? "O senhor diz com muita freqüência que baixou impostos. Mas isso não foi o que o PSDB fez enquanto governou o país. Eu tenho um número aqui que ninguém discute: a carga tributária subiu de 29,5% para 35,5% do PIB. Agora, concretamente: o senhor eleito, que imposto o senhor reduz?", questionou William.


Segunda parte da entrevista

E não foi só o experiente jornalista que se destacou. A jovem Christiane Pelajo se manteve no mesmo nível do companheiro de bancada. "O seu governo em São Paulo teve programas como o Renda Cidadão, o Bom Prato, que seguem modelos parecidos com programas do governo federal. As políticas sociais do PT e do PSDB são as mesmas?", perguntou, espertamente.

Em resumo, o casal esteve impecável, fugindo dos erros cometidos por Bonner e Fátima. O que transforma as entrevistas do Jornal da Globo com os principais presidenciáveis numa prova de que, verdadeiramente, há vida inteligente na madrugada.

Hoje, o entrevistado de William Waack e Christiane Pelajo é Cristovam Buarque, do PDT.

Reveja as sabatinas dos candidatos no Jornal Nacional e o debate entre os presidenciáveis promovido pela Band acessando o arquivo do Tevê Aberta (mês de agosto).

3 comentários:

Anônimo disse...

Ótima a análise do acerto da Globo no seu jornal da madrugada. Concordo com tudo que foi escrito aqui.Parabéns.

Anônimo disse...

Gostaria de parabenizar o blog pelas ótimas postagens sobre política.
Pena que não disponibilizaram os 10 minutos restantes da entrevista com Alckmin.

Tevê Aberta disse...

Anônimo 2,
a segunda parte da entrevista do Alckmin ao JG entra no ar hoje à noite, junto com a entrevista do Cristovam Buarque, realizada ontem à noite. O entrevistado de hoje é Lula.